“Saúdo o SIMM [Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias] e a Antram [Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias] que conseguiram alcançar o que todos ambicionamos: o fim da greve e o início das negociações entre as partes. O diálogo faz o seu caminho, devolvendo tranquilidade aos portugueses”, escreveu António Costa na sua página da rede social Twitter.

“Que mais este exemplo inspire todos. Que ninguém fique isolado numa greve estéril que compromete o diálogo”, acrescentou o governante, numa referencia ao acordo alcançado na quarta-feira entre a Antram e a Fertrans (Federação de transportes afeta à CGTP).

O SIMM anunciou hoje que vai desconvocar a greve que iniciou segunda-feira por tempo indeterminado.

"A greve vai ser desconvocada da parte do SIMM", anunciou o porta-voz do sindicato, Anacleto Rodrigues, no final de uma reunião no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa.

"Chegámos à conclusão de que esta greve não surtiu os efeitos que desejávamos", justificou o sindicalista.

O SIMM é um dos sindicatos que convocou a greve que decorre desde segunda-feira por tempo indeterminado. Já o Sindicato Nacional de Mercadorias de Matérias Perigosas (SNMMP) mantém a paralisação.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.