Integrando milhares de devotos, a procissão inicia-se às 15:30 locais (mais uma hora em Lisboa), e a imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres passa pelos antigos conventos da cidade e algumas igrejas paroquiais, cumprindo um dos pontos altos destas festas religiosas.

Neste trajeto, uma multidão de homens, mulheres e muitos jovens, trajando de escuro, seguem em silêncio o andor com a imagem do Santo Cristo ao som do “Hino do Senhor”, tocado por várias bandas de música. Para a passagem do cortejo religioso, as ruas da maior cidade açoriana são cobertas de tapetes de flores feitos pelos moradores da cidade, por comerciantes e entidades.

Este ano, a imagem do Senhor Santo Cristo sai à rua com uma capa oferecida por um emigrante nos Estados Unidos da América, sendo esta a quarta vez que este manto cobre a imagem. A capa, em veludo e com mais de 700 diamantes, foi oferecida pelo emigrante José António Tavares Estrela, da Ribeira Grande.

Na madrugada de domingo, como é tradição, a imagem sai da Igreja do Santuário para a Igreja de S. José, um espaço maior que recebe os milhares de peregrinos em vigília. O programa das festas do Santo Cristo integra também na manhã de hoje uma solene celebração eucarística no adro do Santuário com a presença da imagem.

Este ano, as festividades são presididas pelo Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente.

Coincidindo com os festejos, a cidade de Ponta Delgada celebra na segunda-feira o seu feriado municipal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.