Em comunicado, a ANEPC explica que as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para hoje e sexta-feira apontam para precipitação forte em todo o continente, com a possibilidade de trovoada no interior, e vento moderado a forte.

Face às previsões, a Proteção Civil admite a possibilidade de inundações em “locais historicamente vulneráveis” e em estruturas urbanas subterrâneas, e de cheias rápidas em meio urbano.

É ainda avançada a possibilidade de acidentes na orla costeira, queda de ramos ou árvores devido ao vento forte e a eventual formação de lençóis de água nas estradas.

A ANEPC recomenda que se evite a prática de atividades relacionadas com o mar e a circulação junto à orla costeira e zonas ribeirinhas e especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas.

No caso de cheias ou inundações, as zonas inundadas não devem ser atravessadas, por pessoas ou viaturas.

Para os condutores, é recomendada uma condução defensiva, “reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias.

A Proteção Civil recomenda ainda que se garanta a desobstrução dos sistemas de escoamento de águas e a adequada fixação de estruturas soltas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.