À entrada para o Conselho Nacional do PSD, Paulo Rangel escusou-se a confirmar a sua candidatura, dizendo que é uma questão que tratará primeiro perante os conselheiros nacionais, mas recordou que já tinha dito que haveria um dia para tratar do processo eleitoral.

“O dia é a partir do começo do Conselho Nacional”, disse.

Questionado sobre a proposta que a direção irá levar a votos para adiar a marcação de diretas e do Congresso - previstas na ordem de trabalhos da reunião de hoje -, Rangel salientou que foi a direção que marcou este calendário.

“Se agora se queixa do calendário, só dela se pode queixar. Por mim, qualquer que seja a decisão do Conselho Nacional, estou tranquilo, não tenho medo nem receio de nenhuma data”, disse.

No entanto, acrescentou, que seria “estranho que o PSD ponha nas mãos do dr. António Costa o seu próprio calendário interno, o supremo privilégio de escolher data de eleições” no partido.

“Isto para mim não é normal, mas se o Conselho Nacional entender que deve ser essa a opção, eu estarei tranquilo e totalmente disponível para aceitar essa data”, afirmou.

Paulo Rangel chegou ao Conselho Nacional acompanhado pelo líder da distrital do Porto, Alberto Machado, pelo eurodeputado José Manuel Fernandes e pela ex-líder da JSD e deputada Margarida Balseiro Lopes.

Na quarta-feira à noite, Rui Rio apelou ao Conselho Nacional, que está reunido hoje em Lisboa, que não marque já as diretas e o Congresso - como estava previsto e com uma proposta de calendário enviada horas antes pela própria direção (diretas em 04 de dezembro e congresso em janeiro) - e só o faça depois de se esclarecer se o próximo Orçamento do Estado é ou não aprovado.

O eurodeputado Paulo Rangel vai anunciar hoje no Conselho Nacional do PSD que será candidato à liderança do partido, confirmou à Lusa fonte próxima do antigo líder parlamentar.

A notícia foi avançada pelo jornal online Observador e confirmada à Lusa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.