Na sexta-feira, Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) alertou para a falta de atualização do ‘software’ dos computadores da PSP, uma situação que está a comprometer o acesso dos polícias ao Sistema Estratégico de Informação (SEI), programa fundamental para o trabalho diário.

O SEI é um sistema que permite controlar e gerir toda a atividade operacional diária da PSP, incluindo registos de ocorrências e identificação de suspeitos.

Numa resposta enviada à agência Lusa, a direção nacional da PSP refere que esta “situação é conhecida e está a ser resolvida no quadro das disponibilidades e contingências existentes, sendo que em momento algum a operacionalidade da PSP foi posta em causa”.

Segundo afirmou à Lusa o presidente ASPP, Paulo Rodrigues, grande parte dos computadores da PSP não foram atualizados, o que está a causar problemas nas esquadras, principalmente na área de Lisboa devido ao maior volume de trabalho.

Tal atualização, sustentou, já devia ter sido feita há alguns meses, mas os problemas começaram a sentir-se com mais intensidade nas esquadras desde há duas semanas.

O sindicalista sustentou que este problema está a colocar em causa o trabalho quotidiano dos polícias, existindo algumas esquadras onde apenas o computador do comandante tem acesso ao Sistema Estratégico de Informação.

Na sexta-feira, a ASPP enviou um ofício ao diretor nacional da PSP, questionando-se sobre quando é que o problema será resolvido e se esta é uma responsabilidade da direção nacional ou do Ministério da Administração Interna.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.