Em comunicado, a direção nacional da PSP adianta que entre o material apreendido estava também uma pistola e uma espingarda e acessórios diversos.

Esta recuperação de armas foi realizada com a ajuda de um descendente de um militar falecido que descobriu o armamento do qual desconhecia a existência e solicitou de imediato à PSP a sua recolha e encaminhamento.

A PSP relembra que decorre até 22 de março de 2020 o período de entrega voluntária de armas não registadas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.