O presidente russo Vladimir Putin concedeu esta segunda-feira a cidadania russa a Edward Snowden, ex-analista da CIA, que recebeu asilo político naquele país, em 2013.

Snowden, refira-se, ficou conhecido por divulgar informações confidenciais da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, quando ainda era funcionário da CIA.

As autoridades norte-americanas há muito que exigem a entrega do agora cidadão russo de 39 anos para enfrentar um julgamento, dado que é acusado de atos de espionagem.

Snowden foi assim um dos 75 estrangeiros cuja nacionalidade foi então concedida esta segunda-feira, de acordo com o site oficial do governo. O ex-analista havia realizado este pedido de cidadania em 2020.

O advogado de Edward Snowden, Anatoly Kucherena, revelou à agência de notícias estatal russa RIA Novosti que a sua mulher, Lindsay Mills, uma americana que mora com Snowden na Rússia, também solicitará um passaporte russo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.