“No século XXI, a Rússia deve manter o seu estatuto entre as principais potências nucleares e espaciais, porque o setor espacial está diretamente ligado à defesa”, afirmou o chefe de Estado russo durante uma videoconferência sobre o assunto que contou com vários funcionários governamentais.

Para tal, Vladimir Putin quer que o país estabeleça uma estratégia de desenvolvimento direcionada aos assuntos espaciais para um período de “pelo menos 10 anos”, frisando que a prioridade desse plano deve ser o setor da defesa, mas também abordando outras áreas, nomeadamente telecomunicações, transportes, investigação, saúde e educação.

Algumas vozes críticas apontam que a Rússia tem perdido terreno na competição internacional na área espacial ao longo dos anos, uma vez que o país optou por privilegiar o desenvolvimento de novas armas, como é o caso dos mísseis hipersónicos.

Além disso, o setor está atualmente marcado por infraestruturas envelhecidas, mas também por uma corrupção generalizada.

“O governo deve preparar e aprovar um documento que tenha medidas claras para atingir as prioridades”, frisou Putin.

Na mesma intervenção, o chefe de Estado russo recordou o sucesso da jornada de Yuri Gagarin.

“Será sempre um grande orgulho que tenha sido o nosso país a abrir o caminho para o universo”, concluiu Vladimir Putin.

Em 12 de abril de 1961, o cosmonauta soviético Yuri Alexeyevich Gagarin inscreveu o seu nome na História ao tornar-se no primeiro ser humano a viajar no espaço, completando a órbita terrestre em 1:48, a bordo da cápsula Vostok-1.

Para celebrar a viagem de Gagarin, que abriu o caminho para a exploração espacial, a Assembleia-Geral da ONU criou em abril de 2011 o Dia Internacional do Voo Espacial Humano, hoje assinalado.

Esta data, segundo a ONU, tem como objetivo celebrar o início da era espacial da humanidade e reafirmar a importante contribuição da ciência e tecnologia espaciais para alcançar objetivos de desenvolvimento sustentável e aumentar o bem-estar dos Estados e povos, e, por fim, garantir a realização das suas aspirações de manter o espaço para fins pacíficos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.