Schwarzenegger substituiu Trump no reality show que o agora presidente americano apresentava, "Celebrity Apprentice", mas a sucessão nunca foi pacífica. Pelo menos para Donald Trump que tem repetidamente ironizado sobre as audiências alcançadas pelo actor à frente do "seu" programa. Ontem,  o tema voltou à ordem do dia e Arnold Schwarzenegger não deixou o presidente sem resposta.

Tudo começou com um comentário do presidente americano no National Prayer Breakfast, uma cerimónia anual em que os presidentes celebram a fé e a comunhão. Donald Trump aproveitou a ocasião para se referir, uma vez mais, ao desempenho de Arnold Schwarzenegger enquanto apresentador do programa de televisão da NBC, "Celebrity Apprentice", que ele próprio protagonizou durante cerca de 14 anos. "As audiências foram por água abaixo", afirmou Trump, acrescentando que apenas queria "rezar por Arnold por essas audiências".

"Hey Donald, tive uma grande ideia. Porque é que não trocamos de lugar?

Arnold Schwarzenegger recebeu a mensagem e respondeu, no mesmo tom irónico: "Hey Donald, tive uma grande ideia. Porque é que não trocamos de lugar? Tu ficas com o meu lugar na televisão, uma vez que és um grande especialista em audiências, e eu fico com o teu lugar e as pessoas podem voltar a dormir confortavelmente outra vez".

Mas, apesar de esta troca de ironias ser suficiente para alimentar as redes sociais, a questão de fundo é: porque razão o presidente da América e homem mais poderoso do mundo parece tão obsessivamente focado no actor de filmes de acção?

O Washington Post avança com uma possível explicação. Quando saiu dos ecrã da televisão para se candidatar à Casa Branca, Trump queria que fosse a sua filha Ivanka a substitui-lo à frente do“Celebrity Apprentice”. A NBC não terá concordado e Donald Trump não terá, a partir daí, lidado bem com o nome escolhido pela estação, precisamente o de Schwarzenegger.

Ivanka Trump, bem como os dois irmãos Eric e Donald Jr., já tinha entrado no programa como mentora e membro do júri, além de que é ela a principal embaixadora da marca "Trump". Além disso, acrescenta o jornal americano, ao falar insistentemente das audiências de Schwarzenegger, o presidente americano tem também oportunidade de lembrar que foi um hit de televisão, sobretudo num programa de que se manteve produtor executivo.

Além de actor, Arnold Schwarzenegger tem também uma carreira política, tendo sido governador do importante estado da Califórnia, eleito pelo Partido Republicano, o mesmo de Donald Trump.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.