De acordo com o município, a pessoa em causa já não regressou ao serviço na segunda-feira, dia em que os estabelecimentos de ensino do pré-escolar reabriram depois de cerca de dois meses e meio de portas encerradas.

Na sexta-feira foram testados cerca de 140 trabalhadores docentes e não docentes do ensino pré-escolar dos agrupamentos de escolas Diogo Cão e Monsenhor Jerónimo do Amaral.

Aquando do rastreio, o presidente da autarquia, Rui Santos, afirmou que a ”segurança e a confiança, sobretudo na área da saúde, está sempre em primeiro lugar” e que o objetivo da iniciativa foi “dar confiança aos pais, aos professores e aos funcionários não docentes”.

No concelho de Vila Real foram também já realizados testes nos lares, a utentes e funcionários, nas creches e nas escolas secundárias, antes da retoma das aulas presenciais a 18 de maio.

O rastreio efetuado então pela Câmara de Vila Real a 163 professores e funcionários do ensino secundário do concelho detetou também um caso positivo.

Na altura, a autarquia disse ter-se revelado “acertada a iniciativa de testar o pessoal docente e não docente, antes do reinício das aulas presenciais, pois evitou-se um eventual foco de propagação da doença".

De acordo com o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia, o concelho de Vila Real contabiliza 154 pessoas infetadas com o novo coronavírus.

Portugal, segundo a DGS, contabiliza 1.424 mortos associados à covid-19 em 32.700 casos confirmados de infeção.

O país entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia, que sexta-feira foi prolongado até 14 de junho, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

Portugal tem vindo a concretizar um plano de desconfinamento e de retoma da economia, destacam-se na segunda-feira a abertura dos centros comerciais (à exceção da Área Metropolitana de Lisboa), dos ginásios ou das salas de espetáculos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.