A porta-voz do Ministério da Saúde, Jessica Ilunga, afirmou que o Governo do país e a Organização Mundial de Saúde (OMS) estão a tomar as medidas imediatas para conter a propagação do vírus da febre hemorrágica do Ébola naquela zona urbana.

Butembo é a maior cidade da província de Kivu do Norte e os especialistas estão preocupados que o contagioso vírus do Ébola possa espalhar-se pela densa população.

Desde 1 de agosto, as autoridades confirmaram 93 casos, com 54 mortos resultantes do mais recente surto de Ébola no país.

Vários profissionais de saúde começaram uma campanha de vacinação, mas têm sido impedidos pelos ataques esporádicos das milícias rebeldes a operar na região.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.