Felipe VI reafirmou a força do Estado perante o desafio independentista catalão, ao discursar na cerimónia de entrega dos Prémios Princesa das Astúrias, que se realizou no Teatro Campoamor, de Oviedo.

O Tribunal Constitucional de Espanha considerou que o referendo sobre a independência da Catalunha, realizado recentemente, era ilegal, e o parlamento espanhol rejeitou a pretensão do governo catalão de avançar com a secessão.

O discurso foi feito na presença do chefe do governo, Mariano Rajoy, e dos três principais dirigentes da União Europeia (UE), a saber, os presidentes da Comissão, Jean-Claude Juncker, do Conselho, Donald Tusk, e do Parlamento, Antonio Tajani, que receberam o Prémio da Concórdia, concedido à UE.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.