A governante presidiu, em Londres, a uma reunião do comité de emergência Cobra, que inclui ministros e forças de segurança, depois de antecipar o seu regresso da reunião dos G7 (países com as economias mais fortes) em Taormina (Itália).

Reivindicado pelos extremistas do Estado Islâmico, o atentado de segunda-feira, registado no final de um concerto de Ariana Grande, matou 22 pessoas e feriu dezenas de outras.

O autor, que também morreu, era um britânico de origem líbia de 22 anos, nascido em Manchester.
A polícia fez já 11 detenções no âmbito desta investigação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.