"Os três operadores nacionais em sinal aberto reiteram a importância da existência de um serviço de medição de audiências televisivas transparente, fiável e independente", referem as três televisões generalistas, em comunicado.

"Nesse sentido, irão convidar representantes de outros canais de televisão em Portugal, assim como 'stakeholders' do mercado televisivo, a fazerem parte desta nova associação que ficará responsável pela gestão da medição de audiências durante o ano de 2019 e pelo lançamento de um concurso internacional para a prestação do serviço de medição de audiências para um prazo mais alargado, a partir de 2020".

O modelo de governo da nova associação responsável pela gestão do sistema de medição de audiências de televisão em Portugal "garantirá a representatividade do mercado e da indústria televisiva de forma inclusiva, transparente e eficaz, e implementará as melhores práticas internacionais na medição das audiências televisivas dos canais que operam em Portugal", concluem.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.