“Vai ser um jogo bastante difícil. [O Santa Clara] Fez uma época bastante interessante, com jogadores que vieram de patamares inferiores e que se adaptaram à I Liga. São muito fortes a reagir e muito fortes nas transições. Vai ser um bom teste à nossa equipa, nomeadamente na bola parada, onde é muito forte. Vamos ser postos à prova em vários fatores”, analisou.

Em conferência de imprensa de antevisão à partida, Rúben Amorim afirmou que escolhe os jogadores “que estão melhores para o jogo”, ressalvando a vontade de jogar e construir uma identidade com o crescimento dos ‘leões’.

“[No jogo com o Moreirense] Fizemos a pior primeira parte desde que estamos cá, perdemos alguma da nossa identidade e temos de melhorar muito. Eu quero muito jogar, jogos atrás de jogos, para ver o crescimento da equipa e, assim, construir a nossa identidade”, sublinhou.

Sobre as críticas à arbitragem no ‘nulo’ com a formação de Moreira de Cónegos, na jornada transata, o treinador sportinguista colocou o foco apenas no jogo, embora admita que os erros tiveram “influência no resultado”.

“Aqueles erros têm influência no resultado, mas não têm influência na nossa exibição. Nós não jogámos mal por causa do árbitro. O que eu posso mudar é a nossa prestação. O nosso foco é o jogo e é nisso que nos vamos focar”, frisou.

O médio brasileiro Wendel tem sido um dos futebolistas em evidência no Sporting e recebeu elogios de Rúben Amorim, que admitiu gostar “de ter tudo do Wendel” quando era jogador, mudando-lhe apenas a mentalidade.

“[O Wendel] É um jogador com características diferentes, que dá uma dimensão diferente ao nosso jogo. O Wendel está a trabalhar bem, tem vindo a ganhar influência na equipa do Sporting e está apto para ir a jogo”, referiu.

Rúben Amorim desvalorizou ainda a alegada discussão entre o argentino Marcos Acuña e o cabo-verdiano Jovane Cabral no final do último jogo, dizendo que foi “uma troca de impressões normal”, e assumiu a importância da criação da equipa B, que vai participar no Campeonato de Portugal na próxima temporada, para fazer “ligação com a equipa A”.

O Sporting, terceiro classificado, com 56 pontos, recebe na sexta-feira o Santa Clara, nono, com 38, no estádio José Alvalade, num jogo sem público nas bancadas e que terá início às 19:15, com arbitragem de António Nobre, da Associação de Futebol de Leiria.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.