Pelas 13:32, Rui Rio entrou sozinho pelo corredor central da sala, no Centro de Congressos de Lisboa, depois de ouvir o seu nome como presidente da Comissão Política Nacional do PSD, momentos antes da vaia dirigida a Elina Fraga.

Antes do início do discurso de encerramento, foi exibido um vídeo biográfico que começou com uma fotografia de Rui Rio na primeira infância e percorreu diversas etapas pessoais e políticas até à vitória nas diretas de 13 de janeiro.

A presidência da Câmara Municipal do Porto mereceu particular destaque, qualificada com uma liderança de "sensibilidade social".

A forma como negociou "o dossiê do aeroporto Francisco Sá Carneiro" foi mencionada, assim como o retomar de obras paradas, mas também o regresso das corridas de automóveis e a realização de eventos de acrobacias de aviões.

Rui Rio, o estudante da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, o atleta federado e a faceta de tocar "bateria numa banda" foram etapas também retratadas.

O último dia do 37.º Congresso do PSD arrancou hoje cerca das 13:00.

Ao contrário dos dois primeiros dias, o cenário do congresso já tem um ‘slogan' inscrito, "Primeiro Portugal", e está iluminado pelas cores da bandeira portuguesa.

À entrada do fundador e militante número um do PSD, Francisco Pinto Balsemão, deu-se o primeiro aplauso de pé do dia.

A passagem de testemunho de Fernando Ruas a Paulo Mota Pinto como presidente da Mesa do Congresso foi igualmente aplaudida de pé.

Fernando Ruas agradeceu ao anterior líder, Pedro Passos Coelho, com quem disse ter trabalhado "intensa e orgulhosamente".

No anúncio dos resultados da votação para o Conselho Nacional, os nomes de José Matos Rosa, que hoje abandonou o cargo de secretário-geral do partido, e do eurodeputado Paulo Rangel foram muito aplaudidos.

Ao nome de Pedro Santana Lopes, primeiro nome ao Conselho Nacional, o Congresso levantou-se em aplauso.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.