“Iremos ter várias equipas, num total de oito ambulâncias, 18 equipas apeadas, uma equipa de mergulhadores e equipas de combate a incêndios espalhadas pela Ribeira, Fontainhas, Largo Amor de Perdição, Palácio de Cristal e a Casa da Música”, adiantou à agência Lusa o comandante dos Bombeiros Sapadores do Porto, Carlos Marques.

De acordo com a agenda divulgada este ano pela Câmara Municipal do Porto, os locais onde vão haver concertos de São João são o Largo Amor de Perdição, o Palácio de Cristal e a praça da Casa da Música, e depois há alguns “pontos sensíveis”, designadamente a Ribeira e as Fontainhas, que também recebem equipas de socorro, explicou Carlos Marques.

As equipas vão ser acionadas nos locais a partir das 20:00 e vão estar ativas até às 06:00 de sexta-feira, dia de São João e feriado municipal, sendo que o posto de coordenação do evento vai ficar instalado no centro de gestão integrada no Batalhão de Sapadores de Bombeiros do Porto.

“Estamos a prever que o posto de coordenação de todo o evento, que basicamente é o cérebro de toda a operação, esteja ativo entre as 20:00 [de hoje] e as 06:00 de dia 24 de junho, e vão estar nesse posto oficiais de ligação dos vários agentes de proteção civil e outras entidades com dever de cooperação, que estarão a coordenar todas as operações”, acrescentou aquele responsável.

Toda a parte do pré-hospitalar será gerido pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), numa primeira instância, e depois, numa segunda instância, as oito ambulâncias afetas às festividades vão estar prontas para o transporte ao hospital caso haja necessidade.

Na zona da Ribeira, onde normalmente há uma grande concentração de pessoas, principalmente durante o fogo de artifício, agendado para começar à meia-noite, estará uma equipa de combate a incêndios, pelo facto de o espetáculo pirotécnico poder provocar algum pequeno foco de incêndio.

Vai também estar uma equipa de mergulhadores naquela zona ribeirinha, para poder dar assistência a pessoas que vão ver o fogo das embarcações no rio, bem como às muitas outras que ali se concentram, podendo acontecer alguma queda ao rio.

“Este ano não houve nenhum anúncio de interdição de lançamento de balões face à fase em que nos encontramos no âmbito do dispositivo especial de combate a incêndios rurais, portanto, não há interdição de balões de São João, e julgamos que face às condições meteorológicas dos últimos dias também não deveremos ter grandes ocorrências”, explicou o comandante, acrescentando que de qualquer forma há as equipas no terreno e equipas no quartel com dispositivo preparado e normal de serviço.

São esperados milhares de pessoas esta noite nas ruas do Porto para celebrar a festa de são João.

Os festejos da noite de São João vão obrigar a alguns condicionamentos de trânsito na zona da baixa, Casa da Música e Cordoaria, e a Câmara do Porto sugere o uso de transportes públicos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.