A bebé, identificada como Saybie, nasceu em dezembro no Sharp Mary Birch Hospital for Women & Newborns, a maior maternidade da Califórnia, situada em San Diego.

Saybie tornou-se a menor recém-nascida do mundo a sobreviver ao parto, segundo registo da Universidade de Iowa.

O seu peso ao nascer, que equivalia ao de uma maçã grande, era 7 gramas inferior ao do bebé que até então detinha o recorde, nascido na Alemanha.

"Foi o dia mais assustador da minha vida", disse a mãe da menina que pediu para manter preservada a identidade da sua família na altura. "Passei mal, achei que fosse da gravidez".

"Disseram que tinha pré-eclâmpsia", uma complicação da gestação potencialmente grave que se caracteriza por pressão alta. "Passava dos 200. Disseram que tinha de dar à luz rápido", lembrou.

Saybie nasceu de uma cesariana de emergência com 23 semanas e três dias. Uma gravidez dura em regra cerca de 40 semanas.

"Sinto-me abençoada", expressou a mãe. "É a menor bebé do mundo e é minha!".

créditos: HO / Sharp HealthCare. / AFP

Uma bebé "micro prematura" (menos de 28 semanas) enfrenta hemorragias cerebrais e problemas pulmonares e cardíacos, com pequenas hipóteses de sobrevivência.

"Disseram ao meu marido que teria uma hora com ela e que em seguida morreria. Mas essa hora passou a duas, e estas duas, um dia, e em seguida uma semana", contou a mãe num vídeo divulgado pelo hospital.

Quando teve alta, a bebé pesava 2,26 kg e media 40 centímetros, gozando de boa saúde, segundo um comunicado do hospital.

"Cada vida é um milagre, mas aqueles que desafiam as possibilidades, são-no ainda mais", disse à AFP Edward Bell, o médico pediatra que tem o registo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.