Em comunicado, o SEF revela que os dois cidadãos, que pretendiam viajar para o Reino Unido, foram detidos no domingo com passaportes “com fortes indícios de falsificação”.

Ao casal, presente na segunda-feira no Tribunal Judicial da Maia, foi determinado a condução à fronteira, sendo que aguardam o embarque na Unidade Habitacional de Santo António, estando “o seu afastamento de território nacional” previsto para os próximos dias.

Paralelamente, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, o SEF detetou durante o fim de semana 19 medidas cautelares, “10 pedidos de paradeiro, seis de apreensão de documentos e três para a realização de vigilâncias discretas”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.