Em comunicado, o SEF adianta que os menores de 15, 11 e 10 anos, estavam listados pelas autoridades francesas no sistema de informação Schengen como ‘menores desaparecidos’.

Segundo o SEF, as crianças, de nacionalidade espanhola, encontravam-se acompanhadas da progenitora, uma cidadã marroquina residente em França, e pretendiam embarcar para Agadir, Marrocos.

Este serviço de segurança refere também que, após diligências com as autoridades francesas, via Gabinete Nacional SIRENE, a mãe anuiu adquirir bilhetes para regressar a França, acompanhada dos menores.

O embarque foi controlado pelo SEF em cooperação com as autoridades francesas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.