Segundo comunicado da Polícia Judiciária (PJ), o suspeito foi hoje "presente a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, um segundo suspeito da prática dos crimes de rapto e de homicídio, de que foi vítima o conhecido Rapper Mota Jr., no passado mês de março".

"Ao detido foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva", informa a PJ

As autoridades indicam ainda que a detenção deste suspeito "teve lugar no Reino Unido, no dia 28 de maio e ocorreu em cumprimento de Mandado de Detenção Europeu, emitido no âmbito de inquérito titulado pelo DIAP de Sintra e cuja investigação se encontra a cargo da Unidade Nacional Contra Terrorismo, da Polícia Judiciária".

Este foi o segundo suspeito a ser detido, depois de uma primeira detenção feita no dia 26 de maio no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, do Porto, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), no âmbito da execução de um mandado de detenção, após ter aterrado num voo proveniente do Reino Unido, para onde terá, alegadamente, fugido após o crime.

Esse suspeito, de 26 anos, ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva depois de presente a primeiro interrogatório judicial no tribunal de instrução criminal de Sintra, precisou a mesma fonte.

No dia da detenção, o SEF explicou que o suspeito é um cidadão português investigado por crimes de roubo, sequestro e provável homicídio, alvo de um mandado de captura e detenção para efeitos de extradição emitido por Portugal.

Fonte oficial da PJ confirmou que as autoridades encontraram um corpo em elevado estado de decomposição, numa zona de descampado, em Sesimbra, admitindo como possível tratar-se do 'rapper' Mota Jr., que terá sido raptado do prédio onde morava, no concelho de Sintra.

Fonte da Judiciária de Setúbal acrescentou nessa ocasião que o corpo foi detetado na sequência de um alerta feito por transeuntes.

A PJ de Setúbal explicou ainda no dia da descoberta que as peças de vestuário encontradas, assim como outros elementos, indiciavam que se podia tratar do músico, tendo a convicção de que o corpo foi depositado naquela zona propositadamente, por ser uma área pouco movimentada.

O reportório musical do 'rapper' inclui o 'single' “Vira Casacas” e a colaboração com o 'rapper' Piruka em “Ca Bu Flã Ma Nau”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.