Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP referiu que as detenções ocorreram através da Divisão de Investigação Criminal, pelas 11:30.

De acordo com o Cometlis, a "ação violenta" do grupo estava a gerar “um sentimento de insegurança no pequeno bairro da zona oriental da cidade, sendo comum a denúncia de inúmeros cidadãos”.

Cumprindo uma série de mandados de busca domiciliária, na sequência das detenções, a PSP aprendeu 281 doses individuais de haxixe, 41 doses individuais de heroína, 21 doses de individuais de cocaína e 1.358,70 euros.

Com idades compreendidas entre os 16 e 28 anos, os homens foram presentes a primeiro interrogatório, tendo-lhes sido decretada a medida de coação menos grave prevista na lei, termo de identidade e residência.

Esta medida é de aplicação obrigatória sempre que um cidadão é constituído arguido. Além da identificação do arguido, ele fica obrigado a comparecer perante as autoridades sempre que a lei o obrigar ou para tal for notificado.

O suspeito fica também sem poder mudar de residência ou ausentar-se dela por mais de cinco dias sem comunicar como pode ser encontrado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.