A Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS), afeta à CGTP-IN, revelou que a assinatura do “protocolo de entendimento” decorreu na segunda-feira e as matérias acordadas terão efeitos retroativos a janeiro de 2019.

O acordo “consagra um aumento de 20 euros na tabela salarial para todos os trabalhadores” e aplica-se a “todos os trabalhadores da Carris, incluindo os trabalhadores em contrato de cedência na Carris Bus”.

Entre outras matérias, o entendimento clarifica também o conceito de dias úteis de férias para os trabalhadores com folgas rotativas: “Sempre que existam dias feriados no período de férias concedidas, a empresa considera, tacitamente, esses dias como feriado a pedido do trabalhador”.

“Após conclusão do processo de revisão do acordo de empresa nas matérias de natureza não pecuniária este protocolo integrará o texto final, que resultar em acordo e será enviado para publicação, pelo que, esperamos que cheguem ao fim as discriminações que se fizeram sentir nos últimos meses”, lê-se no comunicado.

A FECTRANS tem alegado que o acordo de empresa tem uma cláusula que discrimina os trabalhadores sindicalizados, num processo que levou à mediação do Ministério do Trabalho.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.