A mensagem conta com mais de duas dezenas de intervenientes de várias idades e profissões e começou hoje a ser difundida, ao início da tarde, na rede social Facebook e no YouTube, estando a chegar a vários pontos de Portugal e do mundo.

A cada interveniente foram dados 10 segundos para deixar a mensagem, apelando às pessoas não saírem de casa. A ideia começou com um desafio de amigos que foi desde lago abraçada pelo estudioso e escritor em língua mirandesa Carlos Ferreira.

"O mirandês é uma língua ligada aos afetos e ainda mais às pessoas que estão na diáspora, o desafio foi aceite. Foi constituído um grupo numa rede social de forma passar a mensagem e assim aceitar o desafio. A resposta foi imediata", explicou à Lusa Carlos Ferreira.

Assim, com recurso às novas tecnologias, cada um dos intervenientes gravou mensagens em mirandês como: " Sou Carlos i stou an casa an Miranda de l Douro: fazei cumo you, quedai tamien an casa." Mensagem que se pode ler em português como: " Sou o Carlos e estou em casa, em Miranda do Douro: Fazei como eu, ficai também em casa".

As imagens foram compiladas num pequeno filme "didático" com uma mensagem direta, perante a situação de pandemia vivida no país e no mundo provocada pelo coronavírus.

"A ideia surge para ajudar a passar esta pandemia e sobretudo pensando, sempre, na língua e cultura mirandesa, como uma forma de chegar aos afetos das pessoas que estão isoladas, fora da sua terra, o que já por si, é complicado", indicou o mentor do iniciativa.

O vídeo, para além dos apelos, conta como uma música inédita em mirandês da autoria de Paulo Meirinhos, falante e músico da banda folk mirandesa Galandum Galundaina.

"O músico [Paulo Meirinhos] enviou-nos um original em mirandês que é a entrada sonora do filme, e dai para a frente foi uma questão de edição de imagens, onde nem tudo foi aproveitado por uma questão técnica", explicou Carlos Ferreira.

O vídeo posto a circular na rede social Facebook conta já com algumas centenas de visualizações e comentários vindos de países como Angola, Brasil, Espanha, França e de todo o país.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.