Numa tentativa de promover os seus gelados durante o Halloween, a McDonalds Portugal lançou uma campanha com a frase "Sundae Bloody Sundae". A iniciativa publicitária gerou polémica, com vários utilizadores a denunciarem a mesma nas redes sociais.

Em causa está o facto de a campanha fazer referência à música "Sunday Bloody Sunday", dos U2, cujo tema faz referência ao conflito da Irlanda do Norte e, mais especificamente, ao domingo sangrento, o confronto entre católicos, protestantes e o exército inglês a 30 de janeiro de 1972, em Derry, que provocou 14 mortes e feriu pelo menos 26 pessoas.

Em resposta à polémica, a McDonalds Portugal lamentou o sucedido e retirou a campanha dos restaurantes.

"Para promover a gama de gelados Sundae e celebrar o Halloween, alguns restaurantes McDonald's implementaram uma ativação local para assinalar esta data com os seus consumidores. O objetivo desta ativação foi comemorar o Halloween e a marca nunca teve o intuito de estabelecer qualquer ligação a eventos históricos ou, de alguma forma, insultar alguém. Lamentamos, sinceramente, qualquer ofensa que esta ativação possa ter causado. O material desta ativação local já foi removido dos restaurantes", pode ler-se no comunicado da marca, enviado ao SAPO24.

"Totalmente inaceitável", "A ignorância é o novo cool", "Tenham vergonha", "Portugal está cancelado". Estas foram algumas das reações nas redes sociais à campanha que está a ser noticia também em meios irlandeses, como o Belfast Telegraph.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.