De acordo com fonte da PSP, o homem de 82 anos dirigiu-se “voluntariamente à esquadra da PSP de Olhão por volta das 23:30”, depois de ter andado desaparecido durante várias horas.

Nesse período, acrescentou, a polícia tinha estado a procurar o suspeito.

O alerta para o esfaqueamento foi dado “cerca das 19:00 de quarta-feira por um dos filhos do casal”, de 15 anos, quando chegou a casa, mas a PSP indicou que a morte terá ocorrido, “à partida, umas horas antes”.

O outro filho tem 04 anos de idade.

A Polícia Judiciária “esteve na casa do casal, cenário do crime, durante várias horas a recolher vestígios” e é a autoridade responsável pela investigação.

De acordo com a mesma fonte, a morte decorreu num contexto de violência doméstica, que, segundo o Correio da Manhã, tinha já motivado uma queixa às autoridades, há cerca de cinco meses.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.