Todas as mortes foram registadas na região de Marche, onde 400 milímetros de água foram registados em apenas duas horas, “o que é um terço da precipitação do ano inteiro”, disse o chefe da Proteção Civil italiana, Fabrizio Curzio.

A força da água atingiu várias aldeias da região, onde os bombeiros procuram localizar as vítimas da tempestade, que também afetou, embora em menor escala, a região vizinha da Toscana.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.