Dez pessoas, segundo a televisão estatal grega, ficaram feridas esta segunda-feira na ilha grega de Lesbos, após um forte sismo de magnitude 6,4 na escala de Ritcher ter sido registado no Mar Egeu, e sentido em Atenas e Istambul.

De acordo com o mesmo canal, as vítimas são do vilarejo de Vrisa, indicou a ERT, enquanto uma mulher estava presa sob uma casa.

"Estamos a tentar retirar uma mulher que está presa nos escombros", declarou o chefe do serviço regional dos bombeiros, Mario Apostolides.

O mesmo acrescentou que "dezenas de casas desabaram e que as ruas ficaram bloqueadas" na zona, a mais afetada pelo terremoto.

O sismo aconteceu a 10 quilómetros de profundidade, às 12:28 TMG (13:28 em Lisboa), de acordo com o EMSC. O epicentro teve lugar perto da ilha grega de Lesbos e da cidade turca de Esmirna.

"Várias construções, antigas e novas, sofreram danos. Estamos a avaliar a situação", indicou o presidente da Câmara de Plomari à rede de televisão grega TV ERT.

Até ao momento não foram registadas quaisquer vítimas ou danos materiais na Turquia.

A Turquia e a Grécia estão localizadas sobre grandes falhas sísmicas e são regularmente abaladas por terramotos.

Em 1999, dois terremotos de magnitude superior a 7.0 na escala Richter devastaram várias regiões povoadas e industrializadas do noroeste da Turquia, particularmente Istambul, causando 20 mil mortes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.