Em causa – segundo uma carta que Taur Matan Ruak enviou hoje ao Presidente da República, Francisco Guterres Lu-Olo e à qual a Lusa teve acesso – a decisão prende-se com “reservas” manifestadas sobre “algumas das personalidades propostas para integrarem o VIII Governo Constitucional”.

“Atendendo à necessidade de se obterem esclarecimentos adicionais sobre os processos judiciais em que as mesmas alegadamente se acham envolvidas, venho por este meio informar que concordamos que a cerimónia de posse tenha lugar hoje, só com ausência do presidente do CNRT, como ministro de Estado conselheiro do primeiro-ministro, o qual estará presente na segunda fase da tomada de posse do VIII Governo”, escreve Taur Matan Ruak.

A carta surge em resposta a uma carta que Lu-Olo enviou a Taur Matan Ruak, confirmando que só tencionava dar posse a parte do elenco governativo proposto pelo primeiro-ministro nomeado.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.