O sindicato marcou a greve para hoje e para as próximas segundas-feiras, dias 9,16,23 e 30 de setembro.

Segundo a estrutura sindical, o Governo está em “total incumprimento relativamente a prazos legais e compromissos assumidos perante os grupos parlamentares e com esta estrutura sindical” em matérias como estatuto remuneratório e reforma dos serviços.

Para o sindicato, o Governo também não tem cumprido as atualizações indiciárias desde o ano 2000 e as promoções e compensações.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.