Segundo O’Leary, as dinâmicas entre os EUA e o Canadá mudarão certamente agora que o seu vizinho terá como presidente Donald Trump. Como homem de negócios, o canadiano considera-se mais apto para lidar com o presente e futuro do seu país visto que tem um perfil mais parecido ao de Trump.

Segundo o mesmo, citado pelo Huffington Post, “os canadianos estão à procura de um primeiro-ministro que não seja um político de carreira; um primeiro-ministro que lute por eles e que não tenha medo de dizer as coisas como são. Também querem um primeiro-ministro que seja inclusivo e que não se baseie em políticas divisivas”.

Para justificar a sua candidatura, o investidor afirmou que  desde o início da campanha que estava à procura de um candidato com estas características mas que nenhum lhe pareceu capaz de derrotar o atual primeiro-ministro Justin Trudeau.

Com o objetivo de melhorar as suas hipóteses, O’Leary vai começar a aprender francês, uma das línguas oficiais do Canadá, visto que em alguns debates e campanhas poderá ter de se dirigir a deputados e possíveis apoiantes nesse idioma.

As eleições para a liderança do Partido Conservador canadiano acontecerão a 27 de Maio e Kevin O’Leary fará parte de um grupo de treze candidatos. As eleições para o próximo Governo do Canadá ocorrerão até 21 de outubro de 2019.

Veja aqui a declaração de O'Leary no Facebook:

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.