A informação foi hoje avançada por fontes europeias, que indicaram que “o Presidente Biden vai juntar-se, presencialmente, à cimeira europeia da próxima semana”, no dia 24 de março (quinta-feira), o primeiro dia da reunião dos líderes da UE, que decorrerá em Bruxelas.

Entretanto, através da rede social Twitter, o secretário-geral da NATO anunciou uma “cimeira extraordinária a 24 de março na sede” da Organização do Tratado do Atlântico Norte, também na capital belga.

“Iremos abordar a invasão da Ucrânia pela Rússia, o nosso forte apoio à Ucrânia e o reforço da dissuasão e defesa da NATO”, precisou Jens Stoltenberg, adiantando que, “neste momento crítico, a América do Norte e a Europa devem continuar unidas”.

A presença de Biden em Bruxelas surge numa altura de aceso confronto armado na Ucrânia devido à invasão russa e em que o Ocidente agrava as sanções económicas e individuais ao regime russo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.