O Ministério Público detalhou na sua conta na rede social Twitter que o seu pedido, apresentado pelos dois procuradores encarregados da investigação, “baseia-se na existência presumida de delitos durante o processo eleitoral”, realizado no domingo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.