O IPMA colocou também em risco muito elevado e elevado de incêndio vários concelhos de todos os distritos (18) de Portugal continental.

Segundo o IPMA, pelo menos até terça-feira vai manter-se o risco de incêndio máximo e muito elevado em vários distritos do continente por causa do tempo quente, que se vai manter elevada nos próximos.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Por causa do tempo quente, o IPMA colocou sob aviso amarelo nove distritos de Portugal continental e a ilha da Madeira.

Os distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja e Setúbal vão estar sob aviso amarelo até às 21:00 de sábado devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral centro até ao início da manhã, aumentando de nebulosidade nas regiões do interior durante a tarde.

Está também previsto vento fraco a moderado predominando do quadrante norte, sendo do quadrante leste no interior norte e centro até meio da manhã e para o final do dia, soprando por vezes forte na faixa costeira ocidental, em especial a norte do Cabo Espichel durante a tarde, e nas terras altas.

Está ainda prevista uma pequena subida de temperatura, em especial na região sul.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 16 graus Celsius (no Porto e em Leiria) e os 21 (em Portalegre e em Faro) e as máximas entre os 24 (em Aveiro) e os 37 (em Évora e Castelo Branco).

Madeira e sete distritos do continente com risco extremo de exposição aos raios UV

Em risco extremo estão os distritos da Guarda, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Setúbal, Évora e Beja e a ilha da Madeira.

Para estes distritos com risco extremo, o IPMA recomenda que se evite o mais possível a exposição ao sol.

Em risco muito elevado estão os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Porto, Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa e Faro, no continente, a ilha do Porto Santo e o arquipélago dos Açores.

Para as regiões com risco muito elevado, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.