“O Metropolitano de Lisboa, no âmbito da parceria com a organização do evento Web Summit 2018, reforçou a sua oferta em toda a rede do metro, nos dias do evento, tendo transportado um total de 4.603.000 passageiros”, refere o comunicado enviado aos jornalistas.

O metro de Lisboa aponta que este ano se verificou “um aumento da procura em relação ao ano passado” e que o número de passageiros transportados representa “um acréscimo de 3,61% face ao movimento do Web Summit 2017, em que se registaram um total de 4.442.000 passageiros transportados”.

Segundo o Metropolitano, a estação do Oriente, que serve diretamente o espaço onde decorreu a conferência – Altice Arena e Feira Internacional de Lisboa (FIL) -, registou “um movimento de 279.988 passageiros” nos dias em que decorreu o evento, o que representa “um acréscimo de 0,43% relativamente ao ano de 2017 e de 48% em relação a uma semana normal”.

O metro de Lisboa lembra também que “lançou uma novidade que esteve disponível para os participantes do Web Summit, o Voucher Viva, adquirido online, através de uma plataforma acedida em qualquer parte do mundo”.

“Esta nova modalidade foi testada no Web Summit, sendo intenção do Metropolitano de Lisboa generalizá-la futuramente a todos os clientes”, é apontado.

A edição deste ano da Web Summit, a terceira em Lisboa, juntou 69.304 participantes de 159 países, mais de 1.200 oradores, mais de 1.500 investidores e 2.600 jornalistas.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo Web Summit nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Portugal e desde essa altura terá gerado um impacto económico de mais de 500 milhões euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.