“Hoje temos um país estagnado e embrulhado numa teia de interesses que se estende a todos os grandes partidos. Nestas circunstâncias, acredito que a vontade de mudança que o país precisa está nas pessoas da Iniciativa Liberal, pessoas que vêm de fora da política, com ideias novas”, disse Zita Seabra, citada num comunicado do IL.

Zita Seabra foi deputada à Assembleia da República de 1975 e 1988.

"Quando o país sofria com o Estado Novo, foi no PCP que encontrei a vontade para mudar. Quando ficou claro que esse era um modelo falhado e precisávamos de um país moderno e europeu, foi no PSD que encontrei esse ímpeto de mudança”, refere a mandatária do IL.

De acordo com Zita Seabra, as novas ideias a apresentar “são ideias que permitiram a muitos países, incluindo países do antigo bloco de leste, crescerem nos últimos anos”.

Para o líder da Iniciativa Liberal, Carlos Guimarães Pinto, a mandatária é “alguém que percebe melhor do que ninguém a realidade política portuguesa”, sendo uma pessoa “que, desde os tempos do Estado Novo, sempre demonstrou muita coragem política, mesmo quando partilhava uma ideologia oposta” à do IL.

O cabeça de lista pelo Porto acrescenta ainda que é “uma honra” poder contar com Zita Seabra como mandatária.

Em comunicado à imprensa, o Iniciativa Liberal explica que a principal missão do partido é a defesa dos cidadãos, apresentando-se como um partido de “defesa das ideias liberais e da consolidação das mesmas a nível nacional”.

O IL concorre pela primeira vez às eleições legislativas e vai apresentar listas em todos os círculos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.