"A Académica e todos os desportistas estão hoje de luto por Mário Wilson. O nosso "velho capitão" representava o melhor de entre os melhores", contou Paulo Almeida ao SAPO24.

Foi nos estudantes que Mário Wilson fez praticamente toda a sua carreira enquanto jogador e se eternizou, foram 16 anos ao serviço da 'Briosa'. "Já era [um nome] incontornável na história da Académica e do futebol português e ficará para sempre gravado nas nossas memórias", disse o Presidente, acrescentando um desejo: "espero que a Académica consiga honrar a sua memória".

Na sua memória, Paulo Almeida, recorda a vez em que a Académica foi vice-campeã na altura em que Mário Wilson treinava a equipa. Assim como o momento de solideriedade com o clube, quando o "velho capitão" "veio treinar a Académica quando estava na II Liga e lutou incansavelmente pela subida à I Liga", um triunfo que só foi alcançado mais tarde, mas muito pelo trabalhado deixado pelo técnico português.

Mário Wilson morreu hoje, aos 86 anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.