O jogador dos ingleses do Everton abandonou o grupo às ordens de Fernando Santos, depois de ter sido “dado como indisponível” pela Unidade de Saúde e Performance da federação, e não viaja com a comitiva lusa para a Suécia, segundo a informação divulgada no sítio oficial da FPF na Internet.

Antes de André Gomes, também Renato Sanches, do Lille, tinha sido dispensado e não esteve sequer presente na vitória de sábado por 4-1 na receção à Croácia, na ronda inaugural, tal como o ‘capitão’ Cristiano Ronaldo, que ficou na bancada do Estádio do Dragão, no Porto, devido a uma infeção num dedo do pé direito.

Na manhã de hoje, a FPF indicou que “todos os jogadores que ficaram de fora das opções iniciais no encontro frente à Croácia estiveram às ordens de Fernando Santos”, na sessão de treino realizada no Estádio do Bessa, no Porto.

“O onze titular do jogo frente aos croatas realizou trabalho físico de recuperação no hotel onde a equipa das ‘quinas’ está instalada”, informou, na altura, a FPF, adiantando que a comitiva dos campeões europeus e detentores do título da Liga das Nações partiria para a Suécia ao início da tarde.

João Cancelo, aos 41 minutos, Diogo Jota, aos 58, João Félix, aos 70, e André Silva, aos 90+5, marcaram os golos de Portugal, que lidera o Grupo 3 da Liga A, em igualdade com a França, vencedora por 1-0 na Suécia, enquanto Bruno Petkovic marcou para os croatas, aos 90+1.

A seleção portuguesa defronta a Suécia na segunda jornada, na terça-feira, em Solna, estando previsto na segunda-feira um treino no estádio onde decorrerá o jogo, a partir das 18:00, antecedido de conferência de imprensa do selecionador, Fernando Santos, e de um jogador, às 17:15.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.