No Estádio de Wembley, o galês Aaron Ramsey marcou o golo da vitória dos ‘gunners’, aos 79 minutos, e garantiu o triunfo do Arsenal que, além de ser a equipa com mais presenças na final (20), passou agora também a ser a equipa que mais vezes levantou a taça nos 146 anos de história da prova.

Logo aos quatro minutos, o chileno Alexis Sánchez colocou o Arsenal em vantagem, mas Diego Costa refez a igualdade, aos 76, numa altura em que o Chelsea já atuava com menos uma unidade por expulsão de Moses, aos 68, por acumulação de amarelos, o segundo após um ‘mergulho’ na área.

Na primeira vez que tocou na bola, segundos depois de ter rendido Welbeck, o francês Giroud assistiu Ramsey para o golo da vitória dos ‘gunners’, que impediram assim os ‘blues’ de alcançar a ‘dobradinha’.

Além de novo recorde na Taça de Inglaterra, o jogo em Wembley poderá ter sido o último de Arséne Wenger no comando do Arsenal, após 21 anos à frente do clube londrino.

O técnico francês de 67 anos, que chegou aos ‘gunners’ em 1996/97, está em final de contrato e a sua permanência continua em dúvida. No Arsenal, Wenger conquistou três campeonatos, sete Taças de Inglaterra e seis Supertaças.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.