Alegna Osorio, atleta cubana de 19 anos que foi quarta classificada na vertente feminina do lançamento do martelo nos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude de 2018, em Buenos Aires, morreu esta quinta-feira na sequência de lesões na cabeça provocadas por um acidente num treino há três meses.

O acidente aconteceu em Cuba, em abril. Osorio estava a treinar no estádio quando foi atingida por um martelo.

"Compartilhamos esta dor insuportável com a família dela”, disse Osvaldo Vento, presidente do Instituto Nacional de Desporto de Cuba.

Para além de Osorio ter ficado à beira do pódio na Argentina, conseguiu em 2019 uma medalha de Bronze nos Jogos Pan-Americanos sub-20.

Esta quinta-feira, a alteta norte-americana Gwen Berry, também participante na modalidade de lançamento do martelo, relembrou a jovem cubana nas redes sociais.

"Amor para a sua família durante este período. Isto é tão triste", escreveu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.