“Joguei frente ao Benfica na temporada passada e as minhas impressões foram muito boas. É um clube extremamente profissional. As infraestruturas, tanto médicas como de treino, são impressionantes”, afirmou o substituto do canadiano Kris Joseph, reforço que saiu ao lesionar-se com gravidade.

Ao sítio dos ‘encarnados’, Downs, formado na Universidade de Kansas Jayhawks e Gonzaga e com passagens por Croácia, Bélgica, Espanha, Venezuela, Ucrânia, França, Itália e Rússia, mostrou vontade de somar triunfos e títulos.

“A história deste clube diz-nos que queremos ganhar todos os jogos. Esse é o objetivo de todos os jogadores: ganhar o maior número de desafios e voltar a vencer o Campeonato”, referiu o basquetebolista de 32 anos.

Em termos individuais, o norte-americano, que cumpre “o 10.º ano a jogar como profissional”, espera “ser capaz de trazer” a sua “inteligência e garra para dentro de campo, dar tudo e ser um bom exemplo para os mais jovens”.

Para a época 2018/19, o Benfica revolucionou a sua equipa de basquetebol, incluindo a liderança técnica, com o espanhol Arturo Álvarez a suceder a José Ricardo.

Downs junta-se na lista dos reforços ao compatriota Quentin Snider (ex-Universidade de Louisville), ao angolano Jacques Conceição (ex-1.º de Agosto), aos espanhóis Xavi Rey e Alex Suárez (ambos ex-Tecnyconta Zaragoza) e aos internacionais lusos Miguel Maria Cardoso (ex-Vitória de Guimarães), Fábio Lima (ex-CAB Madeira) e Arnette Hallman (ex-Oliveirense).

Em relação à época transata, permaneceram José Silva, Aljaz Slutej, Gonçalo Delgado, Cláudio Fonseca, Rafael Lisboa e o ‘capitão’ Tomás Barroso.

Por seu lado, saíram Carlos Andrade, João Soares, Carlos Morais, Raven Barber, Damier Pitts, Miroslav Todic, Nicolas dos Santos, Sérgio Silva, Diogo Gameiro e Ricardo Monteiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.