Os dois primeiros dias de trabalho dos 'encarnados' serão divididos entre exames médicos, hoje, e testes físicos, no domingo, com o primeiro treino a ser realizado na segunda-feira, no Seixal, onde Schmidt terá a oportunidade de 'medir o pulso' aos jogadores de que dispõe.

O ex-técnico dos holandeses do PSV Eindhoven, de 55 anos, sucede a Nelson Veríssimo, que assumiu o comando da equipa lisboeta em dezembro do ano passado, na sequência da saída de Jorge Jesus, cujo regresso ao clube da Luz foi uma aposta falhada do antigo presidente Luís Filipe Vieira.

Schmidt é a escolha do atual presidente do Benfica, Rui Costa, ex-futebolista e símbolo dos ‘encarnados’, que procuram voltar a sagrar-se campeões nacionais, após três épocas de ‘jejum’ – o maior dos últimos 10 anos -, durante os quais assistiu à festa dos rivais FC Porto (2019/20 e 2021/22) e Sporting (2020/21).

Para recuperar o trono do futebol português, o treinador alemão não desdenharia o contributo do avançado internacional uruguaio Darwin Núñez, melhor marcador da I Liga na época passada, com 26 golos, transferido para o Liverpool por 75 milhões de euros (ME), valor que poderá atingir 100 ME em função da concretização de alguns objetivos.

Parte do ‘encaixe’ (15,3 ME) foi aplicado na contratação do avançado internacional brasileiro David Neres, que brilhou a grande altura no Ajax, mas esteve parado na segunda metade da temporada passada, depois de se ter mudado para o Shakhtar Donetsk, devido à guerra na Ucrânia.

Outro reforço de peso deverá ser o médio argentino Enzo Fernández, que estabeleceu um princípio de acordo para representar o Benfica, a troco de 10 ME pagos ao River Plate (por 75% do ‘passe’), mas existe a possibilidade de a jovem promessa, de 21 anos, não integrar de imediato o plantel das ‘águias’.

Menos sonantes foram as aquisições do defesa direito dinamarquês Alexander Bah ao Slavia Praga, do lateral esquerdo sérvio Ristic ao Montpellier e do croata Petar Musa ao Boavista, que engrossou a já extensa lista de avançados, setor que deverá conhecer o maior ‘corte’.

O Benfica deverá ainda promover o regresso de alguns jogadores que estiveram emprestados em 2021/22 e poderão constituir-se opções válidas para Schmidt, como o médio Florentino Luís, mas outros deverão ter mais dificuldade em ‘convencer’ o técnico germânico, como Ferro e Pizzi.

Para Schmidt, o maior reforço no setor mais recuado poderá ser o central Lucas Veríssimo, que estava a assumir-se como o líder da defesa, antes de sofrer uma grave lesão (rotura do ligamento cruzado anterior do joelho direito), em novembro de 2021. Resta saber quando o brasileiro poderá regressar à competição e quanto tempo precisará para recuperar a forma que o notabilizou.

Além disso, a época 2022/23 vai começar mais cedo para o Benfica, que terminou o campeonato no terceiro lugar e falhou o apuramento direto para a Liga dos Campeões, estando obrigado a disputar a terceira pré-eliminatória no início de agosto, tendo ainda de passar pelo ‘play-off’ para se juntar a FC Porto e Sporting na fase de grupos.

A preparação para a nova temporada inclui um estágio em Inglaterra, entre 08 e 14 de julho, durante o qual os 'encarnados' defrontarão o Reading, no dia 09, antes de participarem no Troféu Algarve, no qual defrontarão os franceses do Nice e os ingleses do Fulham, treinados pelo português Marco Silva, em 15 e 17 de julho, respetivamente.

Após um jogo particular em 22 de julho, em Genebra (Suíça), com adversário a designar, o Benfica encerrará a pré-temporada com a disputa da Eusébio Cup, frente aos ingleses do Newcastle, no Estádio da Luz, em 26 de julho, no jogo de apresentação aos sócios.

Plantel provisório do Benfica para 2022/23:

- Guarda-redes: Vlachodimos, Helton Leite e Samuel Soares.

- Defesa: Alexander Bah (ex-Slavia Praga, Che), Gilberto, André Almeida, Lucas Veríssimo, Vertonghen, Otamendi, Tomás Araújo, Morato, Grimaldo, Ferro (ex-Hajduk Split, Cro), Ristic (ex-Montpellier, Fra) e Sandro Cruz.

- Médios: Weigl, João Mário, Taarabt, Meité, Florentino Luís (ex-Getafe, Esp), Paulo Bernardo, Pizzi (ex-Basaksehir, Tur), Martim Neto e Enzo Fernández (ex-River Plate, Arg).

- Avançados: Diogo Gonçalves, Gil Dias, Rafa Silva, Rodrigo Pinho, Yaremchuk, Seferovic, Henrique Araújo, Petar Musa (ex-Boavista), Gonçalo Ramos, Tiago Gouveia, Diego Moreira e David Neres (ex-Shakhtar Donetsk).

Treinador: Roger Schmidt (ex-PSV Eindhoven, Hol).

Saíram: Valentino Lázaro (Inter Milão, Ita), Darwin Nuñez (Liverpool, Ing), Svilar, Everton (Flamengo, Bra).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.