O jogador do Manchester City é um dos quatro médios eleitos, sendo-lhe creditados três golos e seis assistências, em oito encontros.

A Inglaterra, com os avançados Harry Kane, que faturou em todos os oito jogos, num total de 12 tentos, e Raheem Sterling, com oito golos e sete assistências, e a Holanda, com o médio Georginio Wijnaldum e o avançado Memphis Depay são as únicas seleções com dois representantes.

Completam o ‘onze’ o guarda-redes ucraniano Andriy Pyatov, três defesas, o espanhol Sergio Ramos, o turco Merih Demiral e o islandês Ragnar Sigurdsson, e mais dois médios, o cipriota Ioannis Kousoulos e o israelita Eran Zahavi.

A seleção portuguesa de futebol garantiu um lugar na fase final do Euro2020 ao ser segunda do Grupo B de qualificação, com 17 pontos, menos três do que a Ucrânia, e conhecerá no sábado os seus adversários, no sorteio de Bucareste.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.