“Estamos orgulhosos que esteja comprometido com o nosso projeto ao estender o contrato com o Parma. Estamos convencidos de que o crescimento do clube e da equipa de futebol se faz através de grandes profissionais como o Bruno Alves, que são capazes diariamente de dar o exemplo aos seus companheiros”, disse o presidente do Parma, Pietro Pizzarotti, em declarações ao ‘site’ do clube.

Por sua vez, o internacional português agradeceu a confiança nele depositada pelos responsáveis do clube, disse sentir-se "em casa e feliz por fazer parte da família” do Parma, afirmou-se “orgulhoso pelo trabalho desenvolvido pela equipa, treinadores e dirigentes” e prometeu “dar tudo" em cada jogo.

O central internacional português, que foi contratado no verão passado pelo Parma e soma 20 jogos e dois golos ao serviço da equipa, da qual é capitão, tinha contrato até ao final da época em curso e vai ficar agora vinculado até ao verão de 2020, altura em que terá 38 anos.

Nos últimos dias chegou a ser dado como possível reforço da Juventus neste mercado de janeiro, tendo em conta a saída do central marroquino Mehdi Benatia para o Al-Duhail, do Catar, treinado pelo português Rui Faria, mas o regresso do internacional uruguaio Martin Cáceres a Turim acabou por manter o experiente jogador português no Parma.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.