Os ‘blues’ saem da 26.ª jornada com 63 pontos, mais 11 do que o City, de Pep Guardiola, que tem a receção ao Manchester United adiada, face ao compromisso da equipa de José Mourinho domingo diante do Southampton, de Cédric Soares, na final da Taça da Liga.

Na mesma situação está o Arsenal, terceiro classificado no campeonato com os mesmos pontos do Tottenham (50 pontos, a 13 do Chelsea), que viu o seu jogo da ronda adiado, visto que visitaria o Southampton.

Hoje, em Stamford Bridge, o Chelsea marcou cedo, colocou-se em vantagem, com golo de Fàbregas, aos 19 minutos, mas ainda sofreu o empate antes do intervalo, com o também espanhol Fernando Llorente a 'assustar' os londrinos, aos 45+2.

Na segunda metade foi preciso esperar até aos últimos 20 minutos do encontro para novamente um espanhol, no caso Pedro Rodríguez, fazer o 2-1 (72 minutos), e já aos 84 foi o também internacional espanhol Diego Costa a descansar a equipa, com o 3-1 (84).

Foi uma jornada nada proveitosa para o Hull City, do treinador português Marco Silva, que caiu para o 19.º e penúltimo lugar, após empatar em casa com o Burnley (1-1) e viu o Crystal Palace vencer o Middlesbrough (1-0) e sair da zona de despromoção.

Um cenário que também fez o campeão Leicester entrar na ‘zona de perigo’, ainda que os ‘foxes’ apenas joguem na segunda-feira, quando receberem o Liverpool, poucos dias depois do clube ter despedido Claudio Ranieri.

A jornada deu ainda vitórias ao Everton, diante do ‘aflito’ Sunderland (2-0), e ao West Bromwich, perante o Bournemouth (2-1), mantendo as equipas de ‘olho’ na zona europeia, cujo último lugar é ocupado por Liverpool, na quinta posição.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.