Apenas 11 “atletas individuais neutros” — oito russos e três bielorrussos — estão, neste momento, qualificados para a próxima edição dos Jogos Olímpicos, da qual estes dois países se mantêm excluídos das provas por equipas, informou o COI, em comunicado.

Depois da exclusão do desporto mundial em fevereiro de 2022, o organismo olímpico tem defendido que os atletas russos e bielorrussos não devem ser penalizados pelas ações dos governos dos seus países, autorizando hoje a participação em Paris2024, para o qual estão qualificados cerca de 60 desportistas ucranianos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.