"Começar em casa é bom, mas é preciso notar que vamos jogar num campeonato muito difícil e competitivo. Todas as equipas vão querer ganhar-nos, porque descemos de divisão, e, por vezes, torna-se difícil controlar a ansiedade dos jogadores. Mas, temos um objetivo forte e assumido, com a direção do Nacional, que nos dá todo o apoio, por isso vamos trabalhar para corresponder e alcançarmos a meta traçada que passa por subirmos de divisão", disse Costinha, aos microfones da Nacional TV.

Para o treinador nacionalista, que na época passada orientou a Académica, também na II Liga, a equipa “teve nove dias de trabalho intenso”, que culminaram com um jogo frente ao Porto da Cruz.

“Temos jogadores de qualidade. Muitos chegaram agora e querem mostrar serviço e outros, que já cá estavam, estão nas mesmas condições. Este estágio agora servirá para ganhar mais ‘bagagem', que irá culminar com os jogos com o Sporting de Braga e o Boavista, duas grandes equipas", adiantou o técnico.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.