Os cinco embates estavam agendados para domingo e, numa primeira decisão, na quinta-feira, tinha sido decidido, pelo Governo, que os mesmos se realizariam à porta fechada.

Além do embate entre o conjunto de Cristiano Ronaldo e o Inter de Milão, foram adiados os encontros Udinese-Fiorentina, Milan-Genova, Parma-Spal e Sassuolo-Brescia.

Na segunda-feira, o Governo tinha decidido realizar jogos à porta fechada em seis regiões do norte do país.

As seis regiões em questão são a Lombardia, Veneto e Piamonte, as três mais afetadas pelo coronavírus, mas também Friuli Venezia Giulia, Liguria e Emilia Romagna.

Itália registou até este sábado 889 casos positivos, dos quais resultaram 21 vítimas mortais. Pelo contrário, 46 pessoas já recuperaram.

Nestas seis regiões, todas as competições desportivas com público tinham sido proibidas até domingo à noite, como parte da luta contra a propagação do Covid-19.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou pelo menos 2.916 mortos e infetou mais de 84 mil pessoas, de acordo com dados reportados por 57 países e territórios.

Das pessoas infetadas, mais de 36 mil recuperaram.

Além de 2.835 mortos na China continental, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França, Hong Kong e Taiwan.

Dois portugueses tripulantes de um navio de cruzeiros encontram-se hospitalizados no Japão com confirmação de infeção.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.