"Uma vitória contra o Benfica, em casa, perante os nossos adeptos, será sem dúvida uma excelente prenda de aniversário, pois é algo que não acontece há muitos anos", disse o líder da direção do emblema de Trás-os-Montes sobre o encontro de hoje, às 20:15, no Estádio Municipal Eng.º Manuel Branco Teixeira, em Chaves.

A receção a um 'grande' do futebol português, em dia de aniversário, é uma "feliz coincidência" e o dirigente espera que o jogo seja "uma festa" dentro e fora de campo.

Para Bruno Carvalho, o plantel às ordens de Daniel Ramos tem demonstrado "o seu valor e qualidade", após um "arranque difícil de temporada".

"Sabíamos que o calendário era difícil, pois já defrontámos equipas como o FC Porto, o Sporting de Braga e o Marítimo, mas o plantel começa naturalmente a demonstrar o seu valor e a comprovar que com trabalho árduo os resultados surgem", analisou o presidente da direção.

O treinador do clube de Chaves, Daniel Ramos, também quer "dar uma alegria aos adeptos", num dia festivo.

"Queremos sempre dar satisfações aos nossos adeptos, e esta é a próxima oportunidade para o fazermos, pois, enquanto houver jogo, este grupo de trabalho vai sempre lutar pelo melhor resultado", disse o técnico durante a antevisão à partida.

O clube, nascido em 27 de setembro de 1949, foi 'resgatado' de um plano de insolvência em 2011 pelo empresário Francisco Carvalho, investidor, presidente honorário do Desportivo de Chaves e pai do presidente da direção, Bruno Carvalho.

Em 2016, o emblema 'transmontano' regressou ao convívio entre os grandes do futebol português, de onde ainda não saiu, e na temporada passada igualou a sua segunda melhor classificação de sempre, ao terminar a Liga no sexto lugar.

Este ano, o clube atingiu a marca dos seis mil sócios, num aumento de 27,65% entre março de 2017 e agosto de 2018, algo que é "um motivo de orgulho".

"Foi uma das 'prendas' que recebemos em 2018, embora esteja para breve uma nova renumeração de sócios, que nos irá dar uma ideia mais real dos sócios pagantes que temos, algo que é uma das nossas preocupações", destacou Bruno Carvalho.

O presidente da direção lembrou ainda a inauguração este ano do Complexo Desportivo Francisco Carvalho, uma obra com dois relvados, um sintético e um natural, investimento exclusivo da SAD do Desportivo de Chaves, liderada por Francisco José Carvalho, também filho do investidor do clube.

"Esta obra serve a equipa profissional, mas também as camadas jovens do clube, pois a equipa satélite e os escalões de formação que participam nos campeonatos nacionais treinam e jogam no complexo, e até os mais novos, entre os seis e nove anos, treinam neste espaço", assinalou Bruno Carvalho.

O Desportivo de Chaves, 10.º classificado com seis pontos, recebe hoje, às 20:15, o Benfica, líder da I Liga com os mesmos 13 pontos que o Sporting de Braga, para a sexta jornada, no Estádio Municipal Eng.º Branco Teixeira, em Chaves.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.