"São visões de pessoas ligadas a áreas tão distintas que, juntas, em partilha, podem ajudar a falar sobre o assunto, contribuindo para desconstruir o estigma da doença, do doente e dos próprios profissionais que trabalham nesta área", afirmou à agência Lusa a psiquiatra Paula Pina.

Além do bicampeão do mundo de canoagem e do músico Adolfo Luxúria Canibal, a iniciativa vai ainda contar com as presenças da antiga campeã do mundo de maratona Manuela Machado, de Emílio Gomes, contador de histórias, de João Nuno Coelho, sociólogo e comentador desportivo, e do pianista Luís Pipa.

"São pessoas da sociedade civil que tanto contribuíram para a alegria de muita gente. Podem dar um contributo sobre a forma como nós, no nosso dia a dia, podemos ser mais felizes e termos mais saúde mental, sem chegarmos ao ponto de termos de receber cuidados de saúde", afirmou a especialista.

Promovida pelo departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), a tertúlia, com o tema "Viver em Saúde Mental", é "dedicada" a crianças e adolescentes e pretende recolher "contributos que ajudem a prevenir a prestação de cuidados nesta área".

"Está comprovado que a prática do desporto ajuda no alívio da depressão mais do que a intervenção farmacológica. O contributo de um desportista de alta competição como, por exemplo, o Fernando Pimenta pode ajudar-nos a saber viver com saúde mental, aproveitando a vida nas suas diferentes vertentes, fazendo o que mais gostamos. É aí que encaixa o desporto, a música, o riso, as artes", adiantou Paula Pina.

A ação vai decorrer no dia 10 de outubro, às 18:00, no auditório Rio Lima, em Ponte de Lima, onde funciona a consulta externa de psiquiatria.

"Espero as pessoas desfrutem desta tertúlia, falando de coisas sérias. O objetivo é que o público se sinta como se estivesse em casa. O objetivo é que nos sintamos próximos, num ambiente intimista, que facilite a comunicação, sem recurso a ferramentas informáticas, como o ‘PowerPoint'", sustentou a psiquiatra.

Paula Pina referiu que a iniciativa é aberta a toda a sociedade civil, desde professores, autarquias, juntas de freguesia, entidades, por estarem próximas das pessoas, muitas vezes têm de lidar com a doença mental".

Além de Paula Pina, a tertúlia vai contar com a moderação do psiquiatra João Freitas, do hospital Magalhães de Lemos, no Porto.

A ULSAM integra os hospitais de Santa Luzia, em Viana do Castelo, e Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima, 13 centros de saúde, uma unidade de saúde pública e duas de convalescença, servindo uma população residente superior a 250 mil pessoas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.